terça-feira, 18 de junho de 2013

Chuva! Qual chuva?


Se há coisa que não faço é queixar-me de São Pedro.
A partir de amanhã vou estar por aqui e, dizem os especialistas, vão estar 35 graus :P


Com mais ou menos neve, o panorama será qualquer coisa como isto

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Palavras do dia


Nestlé.
Suchard.
:)

Hasta la Meia-Noite


É inevitável falar outra vez de cinema.
Faço-o porque entendo existirem razões de peso para voltar ao assunto.
Assisti no fim-de-semana a dois filmes maravilhosos.
Tão bons, tão bons que os coloco entre os melhores que vi nos últimos tempos. Daqueles que, se surgir a oportunidade, devem ser revistos de vez em quando.

O primeiro foi "Antes da Meia-Noite", de Richard Linklater, o mais recente filme da trilogia Before.
As expectativas estavam altas devido à qualidade dos anteriores "Antes do Amanhecer" (1995) e "Antes do Anoitecer" (2004).
Os responsáveis pelo projecto não vacilaram perante a pesada herança e "Antes da Meia-Noite" faz jus aos seus antecessores.
Espero nas próximas décadas acompanhar a história de Jesse (Ethan Hawke) e Celine (Julie Delpy). Se tudo correr como até aqui, 2022 será o ano em que a trilogia vai deixar de o ser.
Depois de Viena, Paris e Grécia, resta esperar mais uns anitos para saber qual o local em que a acção se vai desenrolar.
Por mim, se a qualidade se mantiver, o filme até pode ser rodado em Tirana, Minsk ou Reiquiavique!


Depois do "Amanhecer" e "Anoitecer" a trilogia fica completa com a "Meia-Noite"


Todos os anos tenho a sorte de apanhar, pelos menos, um filme extraordinário no Festróia. Na 29.ª edição, que chegou ontem ao fim, a pérola teve origem na Bélgica, apesar do título, "Hasta la Vista", poder enganar os mais distraídos. Trata-se de um road movie em que acompanhamos três amigos na casa dos vintes - Jozef (invisual), Philip (tetraplégico) e Lars (tem um tumor no cérebro e move-se em cadeira de rodas) - numa jornada até Espanha com o objectivo de terem as suas primeiras experiências sexuais.
Quem gostou de "Amigos Improváveis" vai-se render a "Hasta la Vista", realizado por Geoffrey Enthoven em 2011.


Um filme que deveria (e merecia) uma estreia em circuito comercial

domingo, 16 de junho de 2013

Há Café no Alfarrabista


Para não me acusarem de que só falo aqui de cinema, vou mudar de assunto.
Para os apreciadores de novos espaços, que se distinguem de alguma maneira daquilo que habitualmente encontramos ao virar de cada esquina, recomendo "Há Café no Alfarrabista".
O nome diz tudo, por isso, limito-me a informar que fica na Rua da Madalena n.º 80, em Lisboa (cerca de 100 metros depois da deliciosa "La Boulangerie by Stef").

Vamos às fotos, boa?








sexta-feira, 14 de junho de 2013

Nova sessão dupla


Mais um bis no Festroia.
Se o segundo for tão bom como o primeiro... excelente!


"O Miúdo da Bicicleta", de 2011, filme belga realizado e escrito pelos irmãos Jean-Pierre e Luc Dardenne



"Círculos", de 2013, co-produção sérvia, alemã, francesa, croata e eslovena, realizada por Srdan Golubovic

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Ferrugem e Osso



A francesa Marion Cotillard e o belga Matthias Schoenaerts


Eis um excelente filme que deixei escapar nas salas de cinema e que passou há dias na RTP 2.
Depois de "Um Profeta", em 2009, o realizador francês Jacques Audiard voltou a dar-me um valente murro no estômago com "Ferrugem e Osso".
As interpretações são inspiradoras: Marion Cotillard é soberba na pele (e osso) de Stephanie, mas o protagonista masculino (Matthias Schoenaerts) brilha ainda com mais intensidade.
Duas almas à deriva que se embalam mutuamente ao som dos acordes criados por Alexandre Desplat. Na banda sonora há também Bon Iver e Katy Perry e tudo, por estranho que possa parecer, encaixa na perfeição.

Faltam seis mesitos


De hoje a exactamente meio ano estreia em Portugal "The Hobbit: The Desolation of Smaug", segunda parte da trilogia, baseada na obra de J.R.R. Tolkien, transposta para o cinema por Peter Jackson.
Para aguçar o apetite, let's look at the trailer.


segunda-feira, 10 de junho de 2013

RTP


Quando era criança e via na televisão a sigla da "Radio Televisão Portuguesa" não tinha dúvidas do seu significado: Ricardo-Tó-Zé-Pedro. Mais tarde descobri que estava a ser ingénuo.


O maninho do meio sempre teve a mania das birras!

domingo, 9 de junho de 2013

De Ljubljana para a Enterprise


A 29.ª edição do Festróia, Festival Internacional de Cinema, já está a bombar.
A sessão da meia-noite foi dedicada à Eslovénia...


"Practicing Embrace - Tango e Abraços", de Metod Pevec


A matiné deste mesmo dia será dedicada a algo completamente diferente...


"Além da Escuridão: Star Trek", realizado por J.J. Abrams

quinta-feira, 6 de junho de 2013