sexta-feira, 29 de março de 2013

Levantado do Chão


«A grande arma é a ignorância. É bom que eles nada saibam, nem ler, nem escrecer, nem contar, nem pensar, que considerem e aceitem que o mundo não pode ser mudado, que este mundo é o único possível, tal como está, que só depois de morrer haverá paraíso...»
p. 99

«Não somos homens se desta vez não nos levantarmos do chão».
p. 143


A cada livro que leio de José Saramago mais pena tenho de o autor já não estar entre nós.


Mais posts sobre o escritor no Saudinha aqui, aqui, aqui e aqui.

terça-feira, 26 de março de 2013

Viena de Áustria


Nunca entendi a razão porque se insiste em dizer e escrever "Viena de Áustria".
Vianas existem várias, como por exemplo a do Castelo e do Alentejo. Vila Real há em Trás-os-Montes e no Algarve, em Santo António. Nestes casos faz todo o sentido especificar de que terra falamos.
Não duvido que existam outras localidades com o nome de Viena em qualquer recanto de um país da Europa central, mas, convenhamos, quando falamos em Viena associamos de imediato à capital austríaca.
Nunca li que fulano está emigrado em Varsóvia da Polónia, Sófia da Bulgária ou Bratislava da Eslováquia. Em Viena de Áustria a história já é outra!


in "Visão", 21 de Março 2013, p. 100

sábado, 23 de março de 2013

Festival


O Festival de Cannes celebra este ano o seu 66.º aniversário. Tal como em 2013, quando Marilyn Monroe cantou os parabéns ao certame francês, Cannes presenteia-nos este ano com mais um excelente poster promocional. Desta vez os protagonistas são Paul Newman e Joanne Woodward.


Um casal intemporal dentro e fora do écrã


A belíssima imagem agora revelada fez-me pesquisar por mais alguns posters do Festival de Cannes. Bom gosto não falta aos cinéfilos gauleses :)



Faye Dunaway teve um papel de destaque em 2011


Juliette Binoche no poster de 2010


Em 2004 Cannes fez uma alusão divertida a "O Pecado Mora ao Lado"

terça-feira, 19 de março de 2013

Atenuar excessos


Como diria o catedrático míster 'JJ', os últimos dias foram "uma faca de dois gomos".
Em termos gastronómicos, estive em locais que há já algum tempo planeava explorar e noutros que foram descobertas. As experiências corresponderam e, nalguns casos, excederam as expectativas. Deixo-vos uma pequenita amostra.


Tartine de maçã e crepe


Depois de tanta coisa boa, regressamos à normalidade e o objectivo de atenuar tanto disparate é inevitável. Hoje lá fui ao ginásio dar uma corridinha. "Só mais um bocadinho, só mais um bocadinho...", pensava eu. O desejo de queimar uma ínfima parte das milhares de calorias que ingeri para lá do recomendável fez-me ir mais além. Pode parecer ridículo para quem corre maratonas e meia-maratonas, mas para mim completar 10 quilómetros em uma hora foi "muita bom".


Vê-se mal, mas aqui está a prova


Como se vê pela nitidez da imagem, aqui já respirava melhor

sexta-feira, 15 de março de 2013

terça-feira, 5 de março de 2013

Curiosidade extra


Concorri a um passatempo da revista Empire e fui contemplado com uma T-shirt do filme "Django Libertado", de Quentin Tarantino.
Confesso que já mem me lembrava de que tinha participado no passatempo e, muito menos, que poderia ter ganhado qualquer prémio.
Só se fez luz no momento em que a senhora dos Correios colocou à minha frente um invólucro com, nitidamente, uma peça de roupa no interior. É caso para dizer: mais uma para a colecção.


Uma das muitas frases memoráveis do filme


A lista de vencedores do passatempo "Django" da Empire :)